STJ condena desembargador do Ceará a 13 anos de prisão por corrupção | SBT Notícias (10/04/19)

0
STJ condena desembargador do Ceará a 13 anos de prisão por corrupção | SBT Notícias (10/04/19)
4.2 (84%) 5 voto[s]

Um desembargador cearense foi condenado a 13 anos de prisão, em regime fechado. Ele é acusado de vender, durante os plantões, decisões de concessão de liberdade, que podiam chegar a R$ 150 mil.

Carlos Rodrigues Feitosa era investigado pela Operação Expresso 150 da Polícia Federal, que apurava a venda de sentenças no judiciário cearense.

Além da prisão por corrupção passiva, o desembargador, que perdeu seu cargo, também foi condenado a 3 anos de prisão por concussão, que é o crime de exigir vantagem indevida.

Ele estava aposentado contra a própria vontade pelo Conselho Nacional de Justiça desde setembro do ano passado.

O advogado Fernando Feitosa, filho de Carlos Rodrigues, também foi condenado a 19 anos de prisão. De acordo com a sentença, ele era responsável por fazer a publicidade da venda de liminares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui