Professora de escola em Suzano fala sobre retorno dos alunos | Primeiro Impacto (15/03/19)

0

[bmto id=”1″]https://www.youtube.com/watch?v=RZ5UqDWi5JI[/bmto]

Dias se passaram, mas a morte de alunos e funcionários da escola estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, permanece na cabeça dos brasileiros. De longe, todos sentiram a dor das famílias e o choque por tamanha crueldade. Para quem vivia a rotina do colégio e da cidade, o sofrimento foi ainda maior. E é justamente esse o sentimento da professora Carmen, que dá aula de Língua Portuguesa na escola que foi palco de um massacre.

Ela estava a caminho do velório da coordenadora pedagógica Marilena Ferreira Umezu, a primeira pessoa a ser morta na última quarta-feira, quando encontrou a repórter Fernanda Trigueiro. A professora falou sobre a dor por perder tantos jovens e colegas e afirmou não saber como será o retorno dos alunos às aulas. Segundo Carmen, muitos estudantes estão abalados e dizem não querer voltar para a escola.

A professora também afirmou que o clima na escola Raul Brasil era muito saudável. Confira abaixo a entrevista:

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui