Pastor evangélico é executado com 15 tiros na porta de casa no Rio | Primeiro Impacto (17/06/19)

0

Um pastor evangélico foi executado com 15 tiros na porta de casa, durante a madrugada deste domingo (16), em Niterói, no Rio de Janeiro. Anderson do Carmo, de 42 anos, chegou a ser levado ao hospital pelos filhos, mas não resistiu aos ferimentos. Os atiradores fugiram sem levar nada.

A vítima tinha acabado de chegar de um passeio com a esposa, a também pastora e deputada federal Flordelis, quando o crime aconteceu. Segundo ela, o homem voltou ao carro para pegar algo que tinha esquecido e, neste momento, foi cercado por três criminosos encapuzados, que atiraram diversas vezes.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da região, que tenta descobrir o que motivou o assassinato.

De acordo com a investigação, a arma utilizada pelos bandidos foi uma calibre nove milímetros e os agentes também já ouviram Flordelis e três filhos do casal. Agora, os policiais pretendem colher mais depoimentos de familiares e amigos e continuar analisando imagens de câmeras de segurança da casa da família e de toda a região.

O velório aconteceu na igreja que foi fundada pelo pastor e a esposa, em São Gonçalo, e o enterro acontecerá na tarde desta segunda-feira (17), também no município carioca.

Além de religioso, Anderson era Secretário-Geral do Partido Social Democrático (PSD) e era casado com Flordelis há 25 anos. Os dois tinham 25 filhos, sendo 21 adotados, e ele ainda cuidava da carreira da mulher, que também era cantora gospel.

Na calçada onde o marido foi morto, ela desabafou e disse que a violência que está dominando o estado precisa acabar de alguma forma, pois não pode continuar desse jeito.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui