MP bloqueia 200 milhões de Eike Batista, Cabral e sua esposa pela Lava Jato |SBT Notícias (16/05/19)

0
Votos

Justiça determina bloqueio de 200 milhões de Sérgio Cabral, da ex-primeira dama Adriana Ancelmo e de empresa de Eike Batista.

O bloqueio foi uma forma de garantir que os réus não se desfizessem dos bens, avaliados em 195 milhões de reais, que correspondem ao pagamento de dois esquemas de corrupção investigados pelo Ministério Público Federal na Operação Lava Jato.

O Tribunal de Justiça do Rio requer a devolução dos valores aos cofres públicos.

Em nota, a defesa de Eike Batista afirmou que a decisão é uma “aberração jurídica” e tem origens em fatos comprovadamente falsos. Já o advogado de Sérgio Cabral disse que ele está à disposição das autoridades para esclarecer assuntos relacionados ao seu mandato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui