Funkeiro é vítima de fake news e sofre ameaças de morte | Primeiro Impacto (23/08/19)

0

O cantor MC Bob, de 27 anos, é mais uma vítima de algo cada vez mais recorrente nas redes sociais. As notícias falsas. Com a carreira artística ainda no início, Tauã Elias da Silva – o MC Bob – não esperava ver as suas fotos vinculadas com palavras como criminoso e facção criminosa, mas foi justamente isso que aconteceu.

Após uma publicação com a notícia de que ele fazia parte de uma facção criminosa viralizar, MC Bob viu a ascensão da sua carreira se esvair, entrou em depressão. Com o dinheiro de suas músicas, ele sustentava os pais e irmãos. De origem humilde, Tauã mora em Paraisópolis, segunda maior favela da cidade de São Paulo.

Além do trauma psicológico de ser chamado de ladrão da noite para o dia, o fato de as notícias terem sido divulgadas em páginas que utilizam siglas da Polícia Militar, tornou-o um alvo, ele é ameaçado de morte e já teve suas imagens publicadas com mensagens de luto e informações de havia se suicidado. Os ataques constantes fazem com que MC Bob não saia mais de casa.

A Polícia Militar desconhece a origem dessas páginas que utilizam o nome da ROTA do Comando Geral da PM do Estado de São Paulo para espalhar notícias falaciosas e não reconhece as acusações de que o MC Bob tenha qualquer envolvimento com o crime ou facções criminosas. A Rota não tem página oficial.

Agora, o MC tenta desmentir as notícias, mas sabe, uma vez na internet, dificilmente conseguirá retirar todas as notícias falsas com o seu nome.

Segundo dados de uma pesquisa divulgada no fim do ano passado pelo Instituo Ipsos, os brasileiros são os que mais acreditam em notícias falsas no mundo.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui