Dono de balada onde jovem morreu após ser agredido é preso em SP | Primeiro Impacto (19/07/19)

0

O empresário Vitor Alves Karan, de 33 anos, dono da balada onde um jovem morreu, foi localizado e preso depois que os policiais receberam uma denúncia anônima sobre o seu paradeiro, na zona oeste de São Paulo.

O crime aconteceu em julho do ano passado, quando o estudante Lucas Martins de Paula, de 21 anos, reclamou de uma cobrança extra de 15 reais e acabou sendo agredido por dois seguranças em frente a casa noturna em Santos, no litoral paulista. Ele morreu depois de ficar 22 dias internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Vitor foi levado para a delegacia e transferido para o Centro de Detenção Provisória de Osasco, onde deve ser ouvido pelo juiz nos próximos dias.

Os vigilantes que agrediram o rapaz, Sammy Barreto e Thiago Ozarias, estão presos desde o ocorrido e apenas o chefe de segurança do local, Anderson Britto, continua foragido.

Para a família da vítima, a justiça começou a ser feita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui