Cunhado de Ana Hickmann é absolvido de acusação de homícidio | Primeiro Impacto (11/09/19)

0

O empresário Gustavo Henrique Corrêa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, foi absolvido da acusação de homicídio contra um fã da artista que invadiu o quarto de hotel em que a modelo estava hospedada, em um atentado premeditado, e fez Ana e os cunhados reféns, em 2016, no Hotel Caesar Bussiness, em Belo Horizonte.

Por unanimidade, os três desembargadores votaram pela absolvição do empresário em 2ª instância.

Em abril de 2018, Gustavo já havia sido absolvido em primeira instância pela juíza do 2ª Tribunal do Júri que considerou o ato como legitima defesa, porém, o Ministério Público de Minas Gerais recorreu, decisão criticada pelo advogado de defesa e dois desembargadores presentes no julgamento dessa terça-feira (10).

Um dia antes do julgamento, Ana Hickmann falou em sua rede social que estava confiante na absolvição do cunhado acusado de matar Rodrigo Augusto de Pádua. De acordo com a denúncia do Ministério Público, armado, Rodrigo invadiu o quarto onde a artista estava com o cunhado Gustavo e a mulher dele, Giovana Oliveira, assessora da apresentadora.

Ameaçados de morte pelo homem que se dizia fã da apresentadora, Gustavo entrou em luta corporal com Rodrigo e conseguiu desarmá-lo. Em posse da arma, atirou três vezes no homem, que veio a óbito.

Após o julgamento que durou menos de uma hora, Gustavo Corrêa foi inocentado depois de quatro anos de processo.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui