Caso Daniel: mulher e filha querem visitar Edison Brittes na cadeia | Primeiro Impacto (28/02/20)

0

Edison Brittes, assassino confesso do jogador Daniel Freitas, pediu à Justiça o direito de receber visitas da mulher, Cristiana, e da filha, Allana. Elas respondem em liberdade pelo mesmo crime e não podem se comunicar com o réu.

O pedido, protocolado nesta quinta-feira (27), será analisado pela Justiça, que deve decidir se a modificação na cautelar é cabível ou não.

O empresário é o único dos sete acusados que continua preso. Ele está na PCE (Penitenciária Central do Estado), em Piraquara.

Daniel foi morto em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em outubro de 2018.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui