Acidentes com bicicleta já custaram mais de R$ 115 milhões ao SUS em 7 anos | SBT Brasil (14/12/19)

0

Dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET) mostram que, desde 2012, o Sistema Único de Saúde (SUS) recebeu quase dez mil internações causadas por acidentes com ciclistas. O custo dessas internações para o SUS ultrapassa R$ 115 milhões.

Ainda, de acordo com a ONG Rodas da Paz, a maioria das vítimas são homens, 84%. Mulheres são minoria. Das vítimas atendidas, apenas 15% eram mulheres. Os acidentados, muitas vezes, são jovens, entre 20 e 29 anos. Das entradas no SUS, em média, 855 ciclistas morrem todos os anos por envolvimento em acidentes de trânsito.

“Com o aumento do número dos ciclistas nas grandes cidades, principalmente do uso de aplicativos de entrega de comida e remédios, aumentam a quantidade de ciclistas nas ruas e a infra-estrutura das cidades não se adaptam a isso”, aponta alguns dos motivos para os números altos, o coordenador da ONG, Hugo Souza.

A diminuição da velocidade nas vias é uma das soluções apontadas por Hugo. Porém, para o diretor da ABRAMET, a responsabilidade pelos acidentes não é só dos motoristas.

“O maior deveria cuidar do menor, ou seja, o carro motorizado deveria ter o cuidado maior com o ciclista, mas é importante que o ciclista também cumpra as regras de trânsito. É fundamental que conheça as regras de trânsito e cumpra as regras de trânsito.”, afirma, Ricardo Helege.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui